Tag Archives: TJ

O Zen Tricô

16 jul

Então, começamos a tricotar o xale Dalilah, da Paula Nina. Confesso que poucas vezes na vida me senti tão burra.

Na verdade, não é burrice simplesmente. É outra coisa, mas burrice é mais simples de assimilar, enquanto a outra coisa não consigo achar um nome único e certo para ela.

Deixa ver se me explico melhor.

Já fiz xales antes. Poucos, mas fiz. E isso me ensinou algumas “regras”. Mas no tricô, as coisas não são escritas na pedra. Não existe apenas um único jeito certo, como diz a Bia. Existem jeitos que dão certo. E, contanto que o resultado seja x, não importam as equações que você use para chegar a ele.

A Nina tinha avisado de cara que essa receita seria um exercício para todas nós praticarmos o desapego. Eu não liguei muito para a advertência porque achei que ela estava falando apenas com as pessoas que estavam lendo o gráfico (eu estou seguindo as instruções escritas). E foi aí que a porca torceu o rabo.

Por exemplo, a Nina chama de avesso o que para mim é o lado direito. E aí, eu fiz certas coisas de um lado que era para fazer do outro. Resultado: desmanchei duas vezes.

Ainda, todos os xales que havia feito até agora, o avesso era em tricô, exceto os pontos de borda. E NESTE NÃO ERA! Estava dentro do metrô quando me toquei disso. Liguei para a própria Nina (“E aí, brotinho?!”) para me certificar que era isso mesmo. E lá vamos nós desmanchar de novo!

Quando achei que finalmente tinha entendido e terminado o gráfico 1, olhei para o fio utilizado e não gostei. O ponto ficava mais bonito com um fio mais grosso. Bora recomeçar de novo.

Mas parece que agora as coisas entraram nos eixos e o Dalilah está ficando com cara de Dalilah (diga que está, por favor!!!).

E eu acho que encontrei a palavra certa. Não era burrice. Era apego mesmo.

Anúncios

Vamos tricotar juntas?

4 jul

TJ Dalilah/ KAL DaliahTem mais um projetinho TJ (tricotar junto, a versão brasileira para kal project) rolando lá no Tricoteiras.com.

A proposta é tricotar o xale Dalilah, criado pela Paula Nina, que eu amo de paixão – principalmente porque ele tem esse nome por causa da minha gata =^.^=

Tem mais detalhes aqui.